Pilares da Democracia

Esse Fórum foi criado para discussão de assuntos relacionados aos militares das FFAA e estaduais, aos cristãos e assuntos relacionados a igreja, a enfermagem e área da saúde .
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Capitão quer trocar de sexo? Mania na FFAA

Ir em baixo 
AutorMensagem
SYLVIO



Número de Mensagens : 81
Idade : 58
Data de inscrição : 23/04/2008

MensagemAssunto: Capitão quer trocar de sexo? Mania na FFAA   Seg Maio 19, 2008 11:35 pm

Oficial da Marinha, de 36 anos, fala pela primeira vez sobre sua decisão de virar mulher
Antero Gomes - Extra


RIO - Durante os últimos 24 meses, o capitão-de-corveta X., de 36 anos, viveu uma crise de identidade dentro do Corpo de Oficiais da Armada da Marinha. Quando estava de serviço na Escola Naval, o militar se vestia e tinha postura de homem. Em casa e entre amigos, X. vivia como mulher. Foi dessa forma, vestindo elegantemente um short de brim azul, um casaco de moletom, óculos escuros Dior e uma peruca ruiva que ela - gênero de tratamento pelo qual pediu para ser tratada pela reportagem - falou pela primeira vez sobre a polêmica em que se envolveu recentemente ( o que você acha da operação de mudança de sexo? ).

"
Eu via a Roberta Close e me imaginava sendo como ela
"
--------------------------------------------------------------------------------
- Há muito tempo atrás, eu via a Roberta Close e me imaginava sendo como ela. Estou há 21 anos na Marinha, que é uma instituição muito séria. Quando fiz a opção pela carreira militar é porque eu gostava, mas pensava, ao mesmo tempo, que, no internato (Colégio Naval), eu poderia esquecer tudo aquilo (ser mulher) - disse X., que preferiu não divulgar o seu novo nome.

Em março deste ano, a transexual procurou seus superiores para lhes informar que estava tomando hormônios femininos há seis meses. E mais: que pretendia fazer uma cirurgia de redesignação sexual (mudança de sexo). Foi uma decisão difícil, depois de reprimir por 21 anos o que considera sua verdadeira identidade.

"
Não consigo mais suportar o fato de ter que me vestir de homem
"
--------------------------------------------------------------------------------
- Eu fui a vários psicólogos. Há dois anos, entretanto, não consigo mais suportar o fato de ter que me vestir de homem, de ter que ter uma postura de chefe na frente dos aspirantes a oficiais.

Querido entre seus comandantes e tendo recebido medalhas e notas altas ao longo de sua bem-sucedida carreira militar, X. está conversando com seus superiores, amigavelmente, para encontrar a melhor forma de se desligar da corporação. Provavelmente, será a reforma. Mas, por enquanto, a transexual está de licença médica por tempo indeterminado.

Casamento e filho de 4 anos
Àqueles que pensam que trocar de sexo é um capricho, o psiquiatra Sérgio Zaidhaft tem um recado:

- Viver como homem, mas sentindo-se mulher, é bastante angustiante. Para alguns, é uma questão de vida ou morte (fazer a operação).


X. abriu mão de muita coisa. Quando era homem, ela foi casada e, dessa união, nasceu um filho de quatro anos. Agora, está se separando.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anderson



Número de Mensagens : 203
Idade : 36
Data de inscrição : 24/04/2008

MensagemAssunto: Re: Capitão quer trocar de sexo? Mania na FFAA   Ter Maio 20, 2008 12:24 am

Aí vai virar festa, deviam liberar o ingresso de mulheres geral logo então, até o exército de Israel aceita mulheres, e o exército de Israel não é fraco.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ComandoSelva



Número de Mensagens : 1
Idade : 73
Data de inscrição : 23/04/2008

MensagemAssunto: Re: Capitão quer trocar de sexo? Mania na FFAA   Sab Maio 24, 2008 7:40 pm

Foi uma decisão muito dificil para X, entretanto devemos respeitar sua escolha de sexo, X realmente estava em cima do muro há muitos anos e a decisão que tomou acredito ter sido de muita coragem. Só desejo vitórias para X.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anderson



Número de Mensagens : 203
Idade : 36
Data de inscrição : 24/04/2008

MensagemAssunto: Re: Capitão quer trocar de sexo? Mania na FFAA   Sab Maio 24, 2008 8:31 pm

concordo, mas acho que deveriam extinguir todo tipo de preconceito logo.
aceitando mulheres, pois muitas são sapatões, e mais homens que muitos homens por aí...
entenderam....
chega de preconceito....
cada um seja o que quiser ser, mas bem definido, sem ficar indo e vindo, virando casaca sempre.
tome uma decisão e seja firme.
Nascer homem ou mulher foi decisão divina.
mas Deus deu o livre arbítrio, ou não????
cada seja como quiser.
abaixo o preconceito.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SYLVIO



Número de Mensagens : 81
Idade : 58
Data de inscrição : 23/04/2008

MensagemAssunto: Re: Capitão quer trocar de sexo? Mania na FFAA   Sex Jun 06, 2008 11:11 pm

Caros amigos.
Acho que quem entra num jogo tem que respeitar, conhecer e aceitar as regras. Acho que esse pessoal que quer trocar de sexo ou simplismente mostrar que tem disturbio hormonal não deveria sofrer.
Só basta pedir licenciamento e ir viver sua vida normalmente como gay, travesti, transexual ou lesbica e não ficar tentando mostrar que as Forças Armadas é que as fazem sofrer.
Ninguem é obrigado a ser militar. É como se um bombeiro achasse a corporação truculenta ao exigir que ele não devesse ter medo de sangue ou de altura ou de lugar fechado (claustrofobia). Como se o sujeito fosse cirurgião e tivesse medo de sangue e culpasse o hospital.
Muda de profissão e vá ser feliz, oh infeliz.
Pareçe as vezes que esses sujeitos querem é sofrer mesmo. Sentão no espinho e ficam reclamando da dor.
Aqueles dois machões que foram no programa Superpop são mesmos uns transtornados mentais. Realmente não é proibido ser gay, mas quando quiseram ser militar e aceitaram as regras, se dispuseram a não denegrir a imagem e o nome da instituição. Aliás a considerada mais séria do País. É por causa de gente truculenta, que não cumpre os regulamentos de todas as formas que o Exército é visto como uma Instituição truculenta.
Nós, militares não podemos aceitar esse tipo de afronta. Respeitar a dignidade da pessoa humana não implica em aceitar quebra de regras básicas da instituição.
Acredito que as pessoas podem ser felizes como queiram sem precisar se esporem suas vidas e suas opções sexuais na TV, ainda mais se essa exposição não acrescentarem nada em suas vidas e menos ainda se isso fosse acabar com sua profissão ou causar problemas com regulamentos de sua profissão. O sujeito era desertor (passou 8 dias sem dar satisfação aonde estava, doente ou não) e o amor de sua vida não informou sua localização e sua situação quanto a saúde deixando-o a merçê do CPM.
O caso do Capitão X é faciol de resolver. Ele pede licenciamento e vai viver com outra profissão que o faça feliz.
Aquele(a) Sargento de Juiz de Fora também deveria pedir licenciamento antes de fazer a tal cirurgia.
E o que eles ganham. Contagem de tempo de serviço para fins de aposentadoria.
Se o Sujeito trabalha 10 anos numa Empresa privada e é demitido ele não entra com processo para ser reformado. Porque isso acontesse noas Forças Armadas?
Quanto ao STF aceitar que se fume maconha no quartel, está escrito no CPM:
CAPÍTULO III - Dos Crimes Contra a Saúde
Art. 290 - Receber, preparar, produzir, vender, fornecer, ainda que gratuitamente, ter em depósito, transportar, trazer consigo, ainda que para uso próprio, guardar, ministrar ou entregar de qualquer forma a consumo substância entorpecente, ou que determine dependência física ou psíquica, em lugar sujeito à administração militar, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar:
Pena - reclusão, até cinco anos.
§ 1º - Na mesma pena incorre, ainda que o fato incriminado ocorra em lugar não sujeito à administração militar:
I - o militar que fornece, de qualquer forma, substância entorpecente ou que determine dependência física ou psíquica a outro militar;
II - o militar que, em serviço ou em missão de natureza militar, no país ou no estrangeiro, pratica qualquer dos fatos especificados no artigo;
III - quem fornece, ministra ou entrega, de qualquer forma, substância entorpecente ou que determine dependência física ou psíquica a militar em serviço, ou em manobras ou exercício.
Quanto aos Gays fardados está escrito no CPM
Art. 235 - Praticar, ou permitir o militar que com ele se pratique ato libidinoso, homossexual ou não, em lugar sujeito a administração militar:
Pena - detenção, de seis meses a um ano
Ou seja, se não for no quartel e o casal não ficar se beijando no pateo de formatura não tem problema nenhum.
Supomos que um jogador de futebol resolva no meio do campo fazer uma performace democratica ao beijar na boca um zagueiro para promover a causa gay.
O que o Juiz deveria fazer. Aceitar, interronper o jogo e esperar a manifestação, expulsar os dois, beijar os dois? Nãoooooooo. Ele deverá seguir o regulamento. É isso e simplismente isso.
Mas se isso fosse feito fora de campo, não teria problema nenhum.
Essa constituição de 1988 foi mesmo uma coisa da mais mal feita no País. Não podemos viver com direitos flutuantes e mal explicados. Não podemos aceitar quebras de regras básicas. Precisamos de deveres bem esplicados e direitos bem explicados.
A crise moral reside no fato dos regulamentos militares serem precisos e justos enquanto a tal Carta Magna de 88 ser um Manifesto à Anarquia.
Depois não adianta dizer que tudo acaba em Pizza. É por causa dessa constituição que os STF já diz que militar pode praticar pederastia e fumar um cigarrinho do demonio dentro da instituição. Acabou de vez com o CPM (Código Penal Militar).
Você por exemplo ficaria tranquilo sabendo que o sentinela que cuida de sua segurança está se deleitando com uns cigarrinhos de maconha?
Aliás, pra quem não sabe o CPM é dividido em duas partes; Uma em caso de Paz e outra em caso de Guerra onde as penas de morte são uma pratica comum.
Não se pode acariciar o inimigo, não se pode negociar com a ignorância e não podemos aceitar que tudo que se fazemos seja visto com pratica grotesca.
Apenas se cumpra as leis.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Capitão quer trocar de sexo? Mania na FFAA   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capitão quer trocar de sexo? Mania na FFAA
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» "Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro". Que isso quer dizer?
» "O que a Bíblia quer dizer com ligar e desligar?"
» ORE DEUS QUER TE OUVIR!!!
» Como saber quando trocar o infravermelho do forno?
» [Pascoa 2010] Questionário

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Pilares da Democracia :: Fórum Militar :: Assuntos militares-
Ir para: